Inscrever-me

Você sabe quanto custa abrir uma empresa no Brasil? Descubra aqui!

15 junho, 2021
balcaraz

O Brasil é famoso por ser um país extremamente burocrático, que cobra altas taxas e impostos de quem deseja empreender, o que acaba levando muitas pessoas a viverem na informalidade. Porém, de alguns anos pra cá tem surgido diversas iniciativas que buscam facilitar a vida de pequenos e médios empresários, permitindo que eles formalizem seus negócios de maneira mais simples e sem tantos custos. Para saber exatamente quanto será necessário investir na abertura de uma empresa, primeiro é necessário saber em qual categoria ela se enquadra, o que varia de acordo com o seu porte e faturamento anual. Ao longo desse texto nós vamos detalhar melhor essas informações para simplificar a vida de quem deseja formalizar o seu negócio e ficar em dia com as obrigações legais.

Você sabe quanto custa abrir uma empresa no Brasil? Descubra aqui!
Custos variam de acordo com a categoria da empresa

Custos para abertura de MEI - Micro Empreendedor Individual

Para quem se enquadra nessa categoria de empreendedor a boa notícia é que não existem custos para se registrar como MEI, basta apenas acessar o site Quero ser MEI, verificar quais são os requisitos a serem observados, e fazer todo o cadastro on-line, de forma simples e rápida. Vale destacar que para ser considerado MEI o empreendedor deve ser enquadrar no limite máximo de faturamento que é de R$ 6.750 por mês ou R$ 87 mil por ano, não pode ter sócios e pode contar apenas com 1 empregado. Apesar de não ter taxas para abertura do cadastro como MEI, esse tipo de empreendedor deve recolher mensalmente o valor referente ao DAS - Documento de Arrecadação do Simples Nacional, que é equivalente a 5% do salário mínimo mais R$ 1 de ICMS, no caso de atividades de comércio ou indústria ou R$ 5 de ISS para prestadores de serviço.

Custos para abertura de ME - Microempresa

Se o faturamento mensal do empreendedor for de até R$ 360 mil por ano, ele irá se enquadrar como uma microempresa, e nesse caso o processo de formalização do negócio tem início na Junta Comercial, que irá cobrar algumas taxas específicas para abertura do cadastro. Além dos valores cobrados por esse órgão, os gastos médios para registro do CNPJ e expedição do alvará de funcionamento ficam em torno de R$ 1.029,63, para quem se enquadrar como ME individual (optante do Simples Nacional com apenas um sócio/titular), ou cerca de R$ 1.174,63, para quem se enquadrar como ME Ltda (optante do Simples Nacional com dois ou mais sócios).

Custos para abertura de EPP - Empresa de Pequeno Porte

Para saber os custos de abertura de uma EPP basta observar os mesmos valores aplicáveis às Microempresas. O que muda nesse caso é que a categoria de EPPs pode ter um faturamento anual de até R$ 4,8 milhões.

Custos para abertura de EIRELI, EI ou Sociedade

Essas três categorias de empresa têm em comum o fato de apresentarem o mesmo processo de abertura e poderem optar pelos mesmos regimes tributários. Elas irão se diferenciar apenas pela forma como é composta a sua titularidade. No caso de uma EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada), existe a figura de um titular responsável pelo Capital Social da empresa, que deve ser de 100 vezes o salário mínimo vigente. Já o EI (Empresário Individual) é formado apenas por uma pessoa física que se caracteriza como proprietário da empresa. Por fim, a Sociedade é formada por um ou mais sócios que dividem a participação de acordo com o investimento inicial, e ela pode ser do tipo Simples, Limitada, Limitada Unipessoal ou Autônoma. Os custos para registrar essas categorias de empresa devem ser consultados na Junta Comercial. Para trazer um exemplo, no estado de São Paulo os valores ficam entre R$ 675 e R$ 751.

Outros custos envolvidos

Vale destacar que as despesas mencionadas até aqui são referentes apenas à abertura e registro de uma empresa. Além desses gastos, o empreendedor deve estar preparado para arcar ainda com os valores referentes à manutenção das atividades do negócio, pagamento de salários e tributos aplicáveis de acordo com a categoria em que se enquadra, além dos investimentos em produtos e máquinas necessários. Para ajudar a manter as contas em dia, é fundamental contar com a ajuda de um contador, que é o profissional responsável por orientar quais são os recolhimentos a serem realizados e os prazos aplicáveis a cada um deles.

É importante lembrar ainda que para aumentar as chances de sucesso de qualquer negócio, deve haver uma boa dose de organização e planejamento antes de realizar a sua abertura. Saber exatamente quais são os objetivos da empresa, quem será encarregado de cada tarefa e contar com uma reserva para possíveis emergências são alguns dos cuidados que contribuem para manter a empresa funcionando mesmo em meio às adversidades que certamente irão surgir pelo caminho.

-
É freelancer ou empresa e pretende obter clientes com menos esforço?
Cadastre-se e receba clientes
Uma coisa antes de fazer seu comentário: não é permitido incluir nesta seção telefones de contato, e-mails ou links para páginas externas da web, tais conteúdos serão moderados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias em seu e-mail

  • Hidden
    :
Suscribirme a la newsletter
¿Autónomo o empresa?
Consigue nuevos clientes y haz crecer tu negocio
Únete a habitissimo
usercalendar-fullcrossmenu