Inscrever-me

Marketing Digital: Aposte na presença online e enfrente a crise

9 abril, 2021
Isabelle Martins

O mundo está atravessando uma situação delicada, e a preocupação com uma eminente crise econômica existe. Mais do que nunca, é essencial apostar numa estratégia que traga reconhecimento à sua empresa, que a ajude a tornar-se mais conhecida e, por consequência, ter mais clientes. Veja neste artigo como o marketing digital o pode ajudar neste processo:

O que é o marketing digital?

Não adianta de nada explicar o que fazer sem definir bem o que é o marketing digital. O marketing digital nada mais é do que táticas de promoção de uma empresa/produto/serviço recorrendo aos meios digitais, como redes sociais, sites, plataformas especializadas do seu setor de negócios, e até de anúncios em redes de pesquisa. Neste último caso, ao contrário do que acontece com os meios de marketing tradicionais (como os anúncios de televisão ou em jornais), o marketing digital permite escolher o tipo de pessoas que deseja que veja os seus anúncios (quais são os seus interesses, por exemplo), o que lhe permite chegar às pessoas certas a um custo menor.

Porque devo apostar no marketing digital?

O mundo está cada vez mais centrado na Internet e, hoje em dia, uma empresa que não esteja online corre o risco de não ser encontrada e de não chegar a clientes interessados nos seus serviços. A maioria das pessoas costuma recorrer a pesquisas para encontrar tudo aquilo que precisa, e é fundamental que cheguem até você no caso de precisarem de um dos seus serviços. Ao utilizar o marketing digital você consegue se diferenciar dos seus concorrentes e a dar nova vida à sua empresa. Sendo assim a aposta no marketing digital será uma boa opção para conseguir alguns clientes ou, pelo menos, tornar a sua empresa uma referência na área.

Como este marketing pode ajudar a amenizar os efeitos da crise? 

Com a cenário criado pelo COVID-19 uma grande parte da população encontra-se em casa sem poder trabalhar, e naturalmente recorrem às redes sociais e à internet em geral para passar o tempo. Mesmo antes da crise, as pessoas recorriam aos meios digitais para pesquisar por empresas com os mesmos serviços que a sua, o que pode ter feito que algumas oportunidades de negócio passaram desapercebido por você. A tendência é clara: as pessoas vão recorrer cada vez mais ao digital para encontrar o que procuram. Assim, esta é uma boa oportunidade para investir no digital, manter-se próximo aos seus clientes e chegar a pessoas interessadas na sua área de atuação, humanizando ao mesmo tempo o seu negócio. Mas não divulgue apenas a sua empresa: seja sincero nas suas interações e respeite a seriedade da situação atual, que trouxe incerteza a muitas pessoas. Lembre-se que, mais do que clientes, são pessoas que se encontram do outro lado da tela.

Crie uma estratégia antes de começar

Não basta apenas criar uma conta numa rede social qualquer, colocar algumas fotografias e dar tudo por concluído. É fundamental que estude o assunto e crie uma estratégia de curto, médio e longo prazo. Tenha seus objetivos sempre presentes: quer mais clientes? Ou quer mais visibilidade para o seu negócio? Sabendo aquilo que deseja obter, é mais fácil perceber em que meios deve apostar e quais são aqueles que o ajudarão a conseguir aquilo que pretende. Por exemplo, se apenas quer fazer a sua empresa chegar a mais pessoas, a presença ativa nas redes sociais é muito importante, mas se quer conseguir novos clientes talvez seja boa ideia apostar também em anúncios em plataformas como o Google.

Conheça o seu público

Saber o que o seu público procura e como procura é muito importante para você e para a sua estratégia, já que assim conseguirá adaptar melhor os seus conteúdos e a sua presença digital. Descubra em que redes sociais o seu público está presente, que tipo de palavras-chave utilizam para pesquisar o seu setor de atuação, com que frequência o fazem… caracterize ao máximo o seu público-alvo e assim saberá a melhor forma de atuar perante ele, o que será uma grande ajuda para seu negócio. Você pode perguntar diretamente ao seu público, através de publicações em redes sociais, qual o tipo de coisas que gostariam que você publicasse e quais são os pontos do seu negócio que mais lhe interessam ou que causam mais dúvidas. Depois, adapte a sua estratégia às respostas que recebeu.

Redes sociais para promover o seu negócio

Uma empresa que não esteja nas redes sociais perde uma grande oportunidade de se tornar mais reconhecida e, principalmente, de ficar mais próxima do seu público-alvo. Mas não perca tempo criando uma conta em todas as redes sociais que conhece: escolha apenas aquelas em que se encontra o seu público-alvo, para garantir melhores resultados e otimizar o seu tempo. Se o tipo de conteúdo que você for criar é fortemente visual (ou seja, se tiver muitas imagens), o Instagram pode ser uma boa forma de se promover, já que é uma rede social muito baseada em imagens. No entanto, é uma rede usada ainda por pessoas mais jovens, pelo que, se o seu público-alvo forem pessoas acima dos 35/40 anos, o Facebook é a aposta segura. 

Um site para a sua empesa

A sua empresa ainda não tem um site? Talvez seja a hora de criar um (ou contratar alguém para o criá-lo). O site permitirá mostrar aquilo que consegue fazer e será como a mostra virtual do seu negócio. Reúna opiniões de clientes, fotografias de projetos antigos e tudo o que achar útil a um potencial cliente, sem esquecer os seus contatos. O aspecto visual do seu site é muito importante, já que pode ajudar a atrair ou repelir um cliente da sua página. Procure manter o design simples e legível, sem muitas cores e contrastantes. A facilidade de navegação também é muito importante, por isso evite criar menus muito longos. Se já tem um site que não é atualizado há muito tempo, volte a utilizá-lo. Olhe para ele como se fosse a primeira vez, identifique os pontos fracos e aquilo que não gosta e faça adaptações até ficar satisfeito com a informação contida e o aspeto geral do site.

Marketing de conteúdo

Mais do que imagens bonitas, as pessoas procuram também alguém que saiba o que faz e que solucione seus problemas. Assim, crie alguma autoridade na sua área de negócios recorrendo ao marketing de conteúdo, que nada mais é do que a criação de conteúdos digitais (artigos de blog, por exemplo) para se aproximar do seu público. Um blog no seu site pode ajudá-lo a ser mais facilmente encontrado pelas pessoas e vai ajudar a transmitir a ideia de que você é realmente um especialista. Pense naquilo que o seu público quer ler – ou pergunte diretamente – e crie artigos para responder às necessidades deles. Se atuar no ramo da decoração, pode criar alguns artigos com dicas de decoração ou de bricolagem, por exemplo, ou se for do setor da construção, pode criar um artigo com os problemas mais comuns encontrados durante a fase de construção de um edifício ou um artigo onde responde às perguntas mais frequentes. Procure ter uma linguagem correta, mas acessível. Um texto cheio de erros não é agradável e pode afastar clientes. Se acha que não consegue escrever os seus textos, pode sempre contratar alguém que o faça por você. 

Com ou sem anúncios?

A decisão de pagar ou não por anúncios é bastante pessoal, pelo que não temos uma resposta concreta à questão. O nosso conselho é que avalie a situação de forma racional, tendo sempre em conta seus objetivos. Pode não fazer sentido pagar por anúncios na sua estratégia a curto prazo, mas na sua estratégia a longo prazo pode ser algo fundamental, ou vice-versa. Informe-se ao máximo sobre como criar anúncios digitais e de como otimizá-los, caso decida avançar com esta estratégia, para garantir que retira o máximo de valor do seu investimento (você também pode contratar especialistas em anúncios, que podem criar o anúncio e otimizar tudo por você). Pense também no local onde o seu anúncio deve ser feito. Se o seu público pesquisa por empresas do seu ramo no Google, então é aí que você deve anunciar. Se, pelo contrário, achar que a publicidade numa rede social, como o Facebook, lhe trará clientes, então crie o seu anúncio nessa plataforma. Seja qual for o local onde criou o anúncio e onde este é apresentado, é importante que avalie constantemente se os seus esforços estão produzindo os efeitos esperados ou se, pelo contrário, é preciso avaliar a sua estratégia de anúncios para os otimizar e conseguir atingir o seu objetivo.

Como a habitissimo pode me ajudar?

A habitissimo é uma plataforma que procura fazer a ponte entre profissionais do setor da construção, renovações, decoração e serviços para a casa com pessoas que procuram esses serviços. Aqui você poderá criar uma página da sua empresa (que funciona como um site, onde pode reunir fotografias de projetos, artigos escritos por você e opiniões de clientes). Nossa plataforma também concentra o seu público-alvo em uma única ferramente, onde potenciais clientes podem pedir orçamentos ou procurar por profissionais na sua região de residência. Assim, se o se negócio atua em um desses setores econômicos, a nossa plataforma pode ser de grande ajuda nos seus esforços digitais. Combine o uso da habitissimo com uma presença forte nas redes sociais e terá uma chance maior de reunir contatos de potenciais clientes e de chegar a um maior número de pessoas, de forma totalmente digital!

-
É freelancer ou empresa e pretende obter clientes com menos esforço?
Cadastre-se e receba clientes
Uma coisa antes de fazer seu comentário: não é permitido incluir nesta seção telefones de contato, e-mails ou links para páginas externas da web, tais conteúdos serão moderados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba notícias em seu e-mail

  • Hidden
    :
Suscribirme a la newsletter
¿Autónomo o empresa?
Consigue nuevos clientes y haz crecer tu negocio
Únete a habitissimo
usercalendar-fullcrossmenu